Peppa Pig é censurada na China por ser considerada ‘subversiva’

A animação infantil Peppa Pig foi banida de uma plataforma chinesa de vídeos para internet. De acordo com o The Global Times, mais de 30 mil vídeos da personagem foram excluídos do Douyin, enquanto a hashtag #PeppaPig foi proibida. O motivo da movimentação contra o desenho animado é que a porquinha rosa protagonista teria se tornado um símbolo subversivo, sendo usada de forma recorrente em imagens locais ligadas à contracultura. “Peppa Pig” chegou à China nos anos 2000 e tornou-se tremendamente popular graças aos capítulos dublados em mandarim. A febre cresceu no final de 2017 entre um público de jovens adultos, com a multiplicação de selfies de internautas (incluindo algumas estrelas) com adesivos de “Peppa Pig”. Objetos derivados da série, como xícaras, relógios ou roupas, também fizeram sucesso.

O “Global Times” também se referiu a esse “vício” das crianças, que leva algumas a “rosnar e pular em poças d’água”. Outro lado obscuro do sucesso de “Peppa Pig”: a disseminação de episódios falsos, memes e paródias de humor negro ou diretamente pornográficas, denunciou o jornal.

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário