Postos de gasolina na mira do Procon no Estado

Pelo menos dezesseis postos de combustíveis foram autuados pelo Procon, nesta quarta-feira (30), por prática de preços abusivos em quatro cidade do Rio Grande do Sul. Atuações ocorreram nos municípios da Novo Hamburgo (10), Gravataí (3), Porto Alegre (2) e Santana do Livramento (1).

Ao todo, foram percorridos 20 postos, quatro supermercados e apuradas outras 119 denúncias de consumidores que possuíam notas fiscais. As equipes de fiscalização do Procon estadual percorreram 16 cidades em diversas regiões do Estado.
Devido à grande demanda de abastecimento de combustíveis nos postos, fruto da mobilização nacional dos caminhoneiros, estabelecimentos comerciais estão realizando a venda superfaturada do produto. O Código de Defesa do Consumidor (CDC), proíbe o aumento no valor de produtos sem um motivo justificável.

Na última sexta-feira (25), o advogado, Lucas Bolzan, em entrevista a rádio Jovem Pan News, alertou a população de que a legislação resguarda o consumidor em situações como essa e que em casos como dos estabelecimentos comerciais, que elevaram o preço da gasolina sem justa causa, são passiveis de multa. Bolzan ainda orientou as pessoas para que façam denúncias ao Procon de sua cidade sobre esses abusos. "Quem pode atender ao consumidor é o Procon. Então, ele deve procurar a delegacia do Procon e isso pode ser feito, até mesmo, pela internet, e fazer a denúncia", contou.

Em Arroio do Sal, após a escolta dos caminhões tanques promovida pelo Governo Federal, o abastecimento está se normalizando. 

Confira a situação da gasolina em Arroio do Sal:


Posto Bolão Centro e Entrada de Arroio do Sal:
R$ 4,69 - comum
R$ 4,89 - aditivada

Posto Rede Maravilha BR - Estarda do Mar
R$ 4,79 - comum
R$ 4,89 - aditivada


Fonte: Rádio Tupancy

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário