Inter busca vitória contra o São Paulo para seguir perto dos líderes

Após uma sequência de dois jogos por semana, o desgaste físico começou a aparecer e, se não há tempo sequer para treinar, também não há para descansar. Mas o Inter precisa somar pontos nos três jogos que restam nesta fase do Campeonato Brasileiro que antecede a Copa do Mundo para permanecer entre os líderes da competição. Por isso, promete atacar - com cautela, mas atacar - o São Paulo, nesta terça-feira à noite, mesmo que o jogo seja no estádio Morumbi.

“Estamos em um bom momento. Não conseguimos vencer o Sport, sábado, em casa, mas trouxemos os três pontos da partida contra o Vitória lá de Salvador. Agora, vamos jogar fora de casa outra vez e precisamos de paciência para atacar na hora certa. Mas o Inter é muito grande. Já falei isso outra vez que dei entrevista”, enfatizou Zeca, na segunda-feira à tarde, citando o retrospecto recente do time colorado, que está invicto há cinco rodadas (três vitórias e dois empates).

Pouco antes da entrevista, o lateral estava no campo do Beira-Rio para o único treino comandado por Odair Hellmann visando a partida com o São Paulo. O trabalho foi fechado, sem a presença de torcedores ou da imprensa. “Não temos tempo, mas não dá para reclamar. A gente conversa que há jogadores jovens que dão conta do recado. Eu mesmo, que fiquei muito tempo sem jogar (antes de vir para o Inter), quero estar em campo sempre”, continua Zeca.

Odair tem desfalques importantes. O meia D’Alessandro, cuja suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva já foi cumprida, segue recuperando-se de uma lesão no tornozelo esquerdo. Ele não foi sequer relacionado e nem viajou com o grupo. Assim, a tendência é que o técnico mantenha a formação ofensiva que não conseguiu marcar gols diante do Sport, sábado. Ou seja, Inter terá Lucca, Pottker e Leandro Damião no setor.

Outra ausência é Rodrigo Dourado. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, ele deverá dar lugar a Gabriel Dias que, recuperado da pancada sofrida na véspera, treinou segunda-feira. A alternativa é escalar Charles.

Disputa por posições na tabela

Inter e São Paulo disputam o mesmo espaço na tabela. Até o começo da 10ª rodada, apenas um ponto separa os dois times. Treinado por Diego Aguirre, que trabalhou no Inter em 2015, o time paulista está na quarta posição, com os colorados imediatamente atrás.

Aguirre, aliás, sofre com baixas relevantes. O meia Nenê, suspenso, está fora. Cueva está a serviço da seleção peruana que prepara-se para a Copa. Já Valdívia, que não é titular mas entra em vários jogos, está fora por imposição contratual, já que pertence ao Inter. Lesionado, o volante Hudson também não joga.

Na última rodada, sábado, o São Paulo foi derrotado pelo Palmeiras no Allianz Parque por 3 a 1. “Temos que ter maturidade. O time, na média, vem tendo ótimas atuações, vem crescendo. É normal ter algumas caídas. Tem de mostrar a personalidade que teve para chegar invicto até aqui e construir uma campanha para estar entre os líderes no momento de derrota. Precisa se recuperar no próximo jogo e se manter na frente”, enfatizou Raí, que é diretor executivo do São Paulo.

O jogo está marcado para as 21h30min, no estádio Morumbi.

Campeonato Brasileiro - 10ª rodada

São Paulo

Sidão; Éder Militão, Arboleda, A. Martins e Reinaldo; Jucilei, Petros, Shaylon, L. Fernandes e Everton; Diego Souza.

Técnico: Diego Aguirre.

Inter

Danilo Fernandes; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Edenilson e Patrick; Lucca, Leandro Damião e Pottker.

Técnico: Odair Hellmann

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo (SP)

Horário: 21h30min

Data: 5 de junho de 2018

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Auxiliares: Pedro Martinelli Christino e Luciano Roggenbaum (Ambos do PR)


Categoria:Esporte

Deixe seu Comentário