Mbappé brilha e França elimina Argentina no melhor jogo da Copa

França e Argentina cumpriram o que prometeram. No melhor jogo da Copa do Mundo até o momento, a França venceu a Argentina por 4 a 3, neste sábado, em Kazan, e se classificou para as quartas de final da Copa do Mundo. O jogo teve de tudo. Emoção, golaços e viradas no placar. E, acima de tudo, um grande herói: Mbappé. O craque do PSG sofreu pênalti, fez dois gols e desmontou a frágil defesa argentina.

Tudo começou cedo. Logo aos 12 minutos, Mbappé arrancou em rápido contra-ataque e cruzou o campo de defesa argentino. Foi parado apenas dentro da área, em um empurrão de Rojo. Pênalti, que Griezmman converteu com segurança. A partir daí, a situação ficou complicada para o time sul-americano. Sem organização, foi para frente e dava espaços para Mbappé, que arrancava em velocidade e provocava faltas e cartões amarelos para a defesa argentina.

Mas a França não aproveitou o bom momento. E foi punida no fim da primeira etapa. Sem marcação, Dí Maria acertou um belo chute de fora da área aos 40 minutos e igualou. Novo ânimo para o time de Sampaoli, que virou no começo do segundo tempo. Depois de uma falta cruzada na área, Messi dominou e chutou. A bola desviou em Mercado e enganou o goleiro Lloris.

A virada surpreendeu, mas não abalou os franceses. Eles continuaram atuando da mesma forma. O empate saiu em um golaço de Pavard, de fora da área aos 13 minutos. E tudo voltou ao normal. A melhor partida da França e de Mbappé na Copa não poderia terminar diferente.

O astro do PSG se encarregou de mandar a Argentina de volta para Buenos Aires. Aos 18 minutos, ele recebeu na área, driblou e chutou cruzado. A bola passou embaixo de Armani. Cinco minutos depois, Giroud deixou Mbappé livre para tocar na saída do goleiro argentino, marcar o quarto da França e o segundo dele.

O técnico Sampaoli até tentou. Colocou Aguero no lugar de Enzo Perez e e Meza no lugar de Pavón. Mas não adiantou. O ímpeto argentino esbarrava no sistema defensivo francês. Nos acréscimos, Aguero ainda descontou de cabeça. No último lance do jogo, Meza cruzou, a bola desviou e passou muito perto do gol de Lloris. Mas não deu. A Argentina caiu nas oitavas e Messi novamente deixou o Mundial sem a taça. 

Agora, a França espera o vencedor de Uruguai e Portugal para saber seu adversário nas quartas de final da Copa do Mundo na próxima sexta, às 11h. Apenas uma certeza: Matuidi, que levou o segundo amarelo, está fora da partida.

Copa do Mundo - Oitavas de final

França - 4

Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Hernandez; Kante, Pogba e Matuidi (Tolisso); Griezmann (Fekir), Mbappé (Thauvin) e Giroud. Técnico: Didier Deschamps.

Argentina - 3

Armani; Mercado, Otamendi, Rojo (Fazio) e Tagliafico; Mascherano, Banega e Pérez (Agüero); Pavón (Meza), Di María e Messi. Técnico: Jorge Sampaoli.

Gols: Griezmann, aos 13, e Di María, aos 41 minutos do primeiro tempo; Mercado, aos 2, Pavard, aos 12, Mbappé, aos 18 e aos 22, e Agüero, aos 48 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos: Rojo, Tagliafico, Mascherano, Banega, Matuidi, Pavard, Otamendi e Giroud.

Árbitro: Alireza Faghani (Fifa/Irã).

Público: 42.873 pagantes.

Local: Arena Kazan, em Kazan (Rússia).


Categoria:Esporte

Deixe seu Comentário