Croácia elimina a Dinamarca nos pênaltis e vai enfrentar a Rússia

A Croácia avançou às quartas de final da Copa do Mundo, neste domingo, ao bater a Dinamarca nos pênaltis por 3 a 2, depois de 120 minutos de empate em 1 a 1, em Nizhny Novgorod Stadium. Os croatas tiveram a grande chance de vencer na prorrogação, quando tiveram um pênalti ao seu favor, mas Modric chutou nas mãos de Schmeichel. Nas quartas de final, no sábado, em Sochi, os croatas enfrentarão a Rússia.

O jogo começou movimentado, e em pouco menos de cinco minutos já haviam saído dois gols. Logo aos 55 segundos, M. Jorgensen fez 1 a 0 para os nórdicos. O 13º gol mais rápido da história das Copas. Somente dois minutos depois, Mandzukic empatou.

Porém depois do gol, o ritmo diminuiu imensamente. Os croatas mantiveram a posse e bola, mas encontrando dificuldades para passar pela forte marcação da Dinamarca. O segundo tempo foi semelhante ao inicial, com a Croácia tendo mais iniciativa. E os nórdicos nem contra-ataque tentavam, se segurando na defesa. Objetivo: levar o confronto para os pênaltis. Ao final dos 90 minutos, 1 a 1 e mais uma prorrogação no domingo de Copa do Mundo.

A Dinamarca começou melhor no tempo extra, atacando principalmente através de laterais cobrados na área por Knudsen. Porém estratégia errada para vencer a alta defesa adversária. Mas já no segundo tempo da prorrogação, em rápido contra-ataque a Croácia teve um pênalti a seu favor aos 9 minutos, com Rebic escapando sozinho, driblando Schmeichel, e com o gol vazio ele foi derrubado por Mathias Jorgensen. Modric cobriu e o goleiro dinamarquês defendeu.

A decisão foi para os pênaltis. Kramaric, Modric e Rakitic marcaram para os croatas. Badelj e Pivaric chutaram Schmeichel defendeu. Pelo lado da Dinamarca, Kjaer e Krohn-Dehli acertaram e Eriksen, Schöne e Nicolai Jorgensen bateram para defesas de Subasic.

Copa do Mundo – Oitavas de Final

Croácia

Subasic; Vrsaljko, Vida, Lovren e Strinic (Pivaric); Rakitic, Brozovic (Kovacic), Rebic, Modric e Perisic (Kramaric); Mandzukic (Badelj). Técnico: Zlatko Dalic.

Dinamarca

Schmeichel; Kjaer, Mathias Jorgensen e Christensen (Schöne); Dalsgaard; Delaney (Krohn-Dehli), Eriksen e Knudsen; Poulsen, Cornelius (Nicolai Jorgensen) e Braithwaite (Sisto). Técnico: Age Hareide.

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina).

Local: Nizhny Novgorod Stadium.

Categoria:Esporte

Deixe seu Comentário