Pedágios da Free-Way podem não ser cobrados

O contrato do governo federal com a Triunfo Concepa, que administra a freeway, se encerra às 23h59min desta terça-feira. Caso não seja renovado, a concessionária não prestará mais serviços no trecho da BR 290 e, assim, os pedágios podem não ser cobrados nesta quarta-feira. Além do levantamento das cancelas, serão suspensos também os atendimentos médico e mecânico, de acordo com a assessoria de imprensa da Concepa.

O governo federal ainda não anunciou se renovará por mais um ano o acordo com a concessionária. A prorrogação estaria travada, pois o Tribunal de Contas da União (TCU) contestou algumas condições do último acerto. O contrato inicial era de 20 anos e encerrou em 4 de julho de 2017. Na época, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) renovou por mais um ano o acerto, tendo a possibilidade de uma última prorrogação: 4 de julho de 2019.

Caso não seja prorrogado, a rodovia seria mantida pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Antes mesmo de qualquer definição, o órgão realizou uma licitação para garantir que, em caso de rompimento de contrato com a Concepa, seja assegurada a passagem de navios pelo vão móvel da ponte do Guaíba. O Dnit garante que se trata de um edital preventivo.


Fonte: Correio do Povo
Foto: Samuel Maciel/CP Memória

Categoria:Geral

Deixe seu Comentário