Prefeitos do litoral realizam reunião em Capão da Canoa

A Assembleia Geral da Amlinorte foi realizada no último dia 03 de agosto de 2018 na prefeitura municipal de Capão da Canoa, numa proposta do presidente da entidade e prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano. A descentralização foi bem recebida pelos prefeitos, que participaram dos debates e também puderam visitar o Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de segurança pública, recentemente inaugurado no município.

Os prefeitos aproveitaram o momento para tirar suas dúvidas em relação ao funcionamento do sistema integrado de vídeo monitoramento que, além de manter uma estratégia de vigilância nas vias e prédios públicos, também está integrado a Brigada Militar e Polícia Civil. A proposta é ampliar esse sistema aos demais municípios, a fim de auxiliar no combate a criminalidade no Litoral Norte do RS.

Participaram da assembleia o Delegado Regional da Polícia Civil, Heraldo Guerreiro e a delegada Sabrina Deffente, titular da delegacia de Capão da Canoa. Ambos relataram aos prefeitos as dificuldades enfrentadas pelas equipes de segurança na região e parabenizaram a iniciativa de implantação do GGI no município de Capão da Canoa. O presidente da Amlinorte, prefeito Amauri Germano, disse que cabe aos gestores buscarem alternativas conjuntas para auxiliar nessa difícil situação de violência enfrentada nos município. Ele colocou à disposição dos prefeitos o auxílio necessário para implantação de sistemas integrados de vídeo monitoramento em seus municípios.

Outra pauta debatida durante a assembleia dos prefeitos diz respeito ao Departamento de Compra de Medicamentos do Consórcio Público Amlinorte, que está desenvolvendo um edital para formalizar essa compra regionalmente. A farmacêutica Patrícia Teixeira, coordenadora do Grupo Condutor de Assistência Farmacêutica do Litoral Norte (GCAF), destacou aos prefeitos a importância desse projeto do consórcio para os municípios, uma vez que deverá reduzir os custos para todos.

O grupo já elaborou uma listagem de produtos básicos comuns aos municípios, que deverá ser utilizada pelo Consórcio Público na licitação que está sendo preparada. O CP Amlinorte pretende lançar nos próximos meses o primeiro pregão para registro de preços, onde os municípios poderão aderir e adquirir os medicamentos com valores reduzidos.

Categoria:Litoral

Deixe seu Comentário