Núcleo de Acessibilidade e Inclusão de Arroio do Sal participou da reunião sobre o Projeto Praia Acessível, da FADERS

No dia 30 de novembro, a Fisioterapeuta Karine Salvador, da Secretaria de Assistência e Inclusão Social, a qual é responsável pelo núcleo de Acessibilidade e Inclusão, esteve em Porto Alegre participando da reunião sobre o projeto Praia Acessível, que já ocorre desde o verão 2012/2013 em Arroio do Sal, sendo um dos primeiros municípios a aderir ao projeto.

“Onde tiver água, terá cadeira anfíbia. Essa é a visão”, disse Cláudia Alfama, coordenadora do Praia Acessível, durante reunião com alguns dos municípios que vão aderir ao projeto no próximo verão.

Entre as novidades previstas para a próxima edição – prevista para ser lançada no dia 15 de dezembro em Capão da Canoa – estão a participação do Skate Anima e a criação de novos vídeos acessíveis de segurança nos ambientes de lazer com água (rio, lagoa, praia, piscina), em parceria com o Corpo de Bombeiros Militares do Estado. Além disso, seguem firmes as parcerias consolidadas em edições anteriores, como o surf adaptado do projeto L’Aqua de Caxias do Sul.

Em Arroio do Sal o projeto iniciará dia 22 de dezembro, na beira-mar central e no balneário Rondinha.

Também participaram representantes de Porto Alegre, Santiago, Arambaré, Barra do Ribeiro e Capão da Canoa.

Categoria:Arroio do Sal

Deixe seu Comentário