Homem é suspeito de matar o primo e ocultar o corpo em Arroio do Sal

Agentes da Delegacia de Arroio do Sal e de reforço da Operação Verão prenderam, na tarde desta quarta-feira (23), um homem suspeito de matar e ocultar o corpo de um primo no interior do município. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça a pedido da Polícia Civil e foi localizado em Capão da Canoa. O corpo de José Carlos Meurer Lopes, 62 anos, foi encontrado por trabalhadores de uma fazenda de plantação de pinus na localidade de Camboim, no dia 19 de novembro de 2018. Inicialmente, o cadáver não havia sido identificado devido ao avançado estado de decomposição. A confirmação ocorreu a partir de um exame genético feito pelo Instituto Geral de Perícias.

De acordo com a Polícia, o homem morto era gaúcho e residia em Araranguá, no sul catarinense. Familiares do aposentado informaram aos policiais que ele havia desaparecido no dia 11 de novembro do ano passado e que foi visto pela última vez na casa do primo, suspeito do crime, em Capão da Canoa. De acordo com o delegado Adriano Koehler Pinto, a motivação seria ordem passional e patrimônio. Após ser preso, o suspeito negou a autoria do crime. 

Categoria:Arroio do Sal

Deixe seu Comentário