Vereador Cridão é denunciado pelos crimes de Assédio Moral e Sexual

A ex-assessora do gabinete do vereador José Deoclides Nunes da Silveira (Cridão), do PP, Andréia Rodrigues, apresentou queixa-crime na delegacia de Polícia Civil de Torres, ontem, quarta-feira, 27, por volta das 18h. Além do boletim de ocorrência, foi formulada uma denúncia de quebra de decoro parlamentar na Câmara Municipal de Arroio do Sal, por assédio moral e sexual.

De acordo com o relato da vítima no boletim de ocorrência, por diversas vezes durante o período que desenvolvia assessoria ao vereador,  sofreu assédio tanto moral, quanto sexual, fatos que normalmente ocorriam durante deslocamentos de viagens a trabalho.

Andreia apresentou na Delegacia provas por meio de áudios capturados com uso de seu celular, gravando os diálogos entre eles. Nos áudios é possível identificar as tentativas insistentes para levá-la para um motel, entre outras investidas. Na oportunidade o vereador e a assessora viajavam a trabalho para Porto Alegre, com diárias pagas pela Câmara Municipal.

De acordo com Andreia, a sua intenção é de promover ações cível e criminal contra o autor dos assédios. Além disso, esta iniciativa será tomada, igualmente pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul, onde Andreia apresentou sua denúncia. Na Câmara Municipal de Arroio do Sal a acusação por quebra de decoro parlamentar tem como objetivo a cassação do mandato do vereador.

Em alguns trechos das conversas gravadas, Andreia, demonstra resistir ao assédio promovido pelo vereador José Deoclides, inclusive relembrando ao parlamentar que ambos são “comprometidos”. O vereador Cridão está em seu quarto mandato e já presidiu a Câmara Municipal de Arroio do Sal.

Fonte: Rádio Maristela

Categoria:Arroio do Sal

Deixe seu Comentário