O jogo mais aguardado do ano no futebol brasileiro vai acontecer na noite desta quarta-feira. A partir das 21h30min, na Arena, Grêmio e Flamengo iniciam a briga por uma vaga na final da Libertadores da América. O duelo é cercado de expectativa, com muitos candidatos a protagonistas. De um lado, o Tricolor com toda a tradição na Libertadores e sua regularidade nos últimos anos – chega à terceira semifinal consecutiva. Do outro, um time que investiu pesado e formou o elenco mais estrelado do país para tentar quebrar o jejum de 38 anos sem o título sul-americano. Em comum, o gosto pela posse de bola e, principalmente, o jogo ofensivo. 

Ambos estão acostumados a jogar contra adversários retrancados. Hoje, será diferente. Não há como imaginar que Grêmio ou Flamengo priorizem a defesa. “São as duas melhores equipes do Brasil hoje, buscam o gol o tempo todo, jogam de maneira bastante parecida”, destaca o técnico Renato Portaluppi.

O comandante gremista escancarou o favoritismo do adversário nos últimos dias. Muito em função do forte elenco treinado pelo português Jorge Jesus e pelas atuações recentes, mas também como uma estratégia de quem conhece bem o momento decisivo. “O Flamengo é o favorito, mas isso não o credencia a estar na outra fase”, diz o técnico. Renato vê semelhanças apenas na forma de jogar. Quando o assunto é o planejamento de cada clube para estar na semifinal, as diferenças são imensas.

Pelas palavras do treinador na entrevista de véspera de jogo, Michel realmente ganhou a posição de Maicon no meio-campo. “O Maicon é um jogador importante para a equipe, mas nós temos um grupo, nem sempre vai ser o mesmo time. Temos alguns problemas médicos, mas não vou ficar lamentando. Quem entrar vai dar o melhor de si”, acrescenta o treinador.

As ausências mais lamentadas são as do zagueiro Geromel e do meia Jean Pyerre. Além deles, o lateral-direito Leonardo Gomes também é desfalque. A preparação para o duelo desta noite foi planejada de forma minuciosa. Os jogadores assistiram a vídeos com imagens de como o adversário se comporta em campo. Além dos aspectos táticos, Renato deu ênfase à questão psicológica, aos detalhes que podem fazer a diferença em um confronto desses.

Flamengo vem completo

O Flamengo tem apenas dois jogadores sem condições de entrar em campo, na Arena Grêmio, às 21h30, contra o tricolor gaúcho. O meia Diego e o atacante Lincoln, ambos se recuperando de lesão. No entanto, nenhum dos dois faz parte do esquema titular de Jesus.

Sobre as diferentes opções dos dois técnicos, o volante do Flamengo, Willian Arão, diz que o grupo está preparado para encarar o Grêmio: "Está todo mundo 100%. Estamos preparados mentalmente, fisicamente e taticamente. Chegamos para este jogo nas melhores condições. Se uma outra equipe opta por poupar todo mundo não é um problema nosso, temos é que pensar na gente. Aquele jogador que o mister optar por colocar em campo tenho certeza que vai estar nas melhores condições para ajudar o Flamengo".

Libertadores 2019 - Semifinal 

Grêmio

Paulo Victor; Galhardo, David Braz, Kannemann e Cortez; Michel, Matheus Henrique, Alisson, Luan e Everton; Diego Tardelli. Técnico: Renato Portaluppi

Flamengo

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gérson, Éverton Ribeiro e De Arrascaeta; Gabigol e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus

Árbitro: Néstor Pitana (FIFA/ARG)

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data e hora: 2/10, às 21h30min

Deixe seu Comentário