O Grêmio empatou com o Palmeiras, em 1 a 1, na tarde deste domingo, na Arena. Em um jogo de poucas oportunidades de gol, o clube paulista marcou com Raphael Veiga no segundo tempo. O gol que deixou tudo igual ocorreu aos 47. Após escanteio da esquerda de ataque, Ferreira desviou de cabeça.

Os comandados de Renato Portaluppi voltam a campo na quarta-feira para o segundo Gre-Nal da fase de grupos da Libertadores. O clássico está marcado para as 21h30min, no estádio Beira-Rio. Pelo Brasileirão, o próximo adversário é o Atlético-MG, no próximo sábado, às 21h, no Mineirão.

Grêmio domina as ações e cria duas boas oportunidades

O primeiro tempo foi de maior posse de bola do Grêmio, 64% contra 36% do Palmeiras, e também o time que dominou as ações ofensivas. Tanto que, foi a equipe de Renato Portaluppi que construiu as jogadas que tiveram maior perigo para a meta de Weverton. O clube paulista adotou um posicionamento defensivo e procurava os contra-ataques para levar perigo a meta de Vanderlei, mas sem conseguir boas oportunidades.

A primeira chance do Grêmio ocorreu aos 15 minutos. Lucas Silva cobrou falta próximo a grande área, a bola quicou na frente de Weverton, que foi obrigado a espalmar pela linha de fundo. Após o lance, o Tricolor seguiu com a iniciativa do jogo, mas tinha dificuldades para furar o bloqueio defensivo do Palmeiras e criar chances de gols.

A segundo só foi ocorrer aos 39. Victor Ferraz arrancou em velocidade, tabelou com Robinho, foi na direção da linha de fundo pelo lado direito e cruzou para Alisson. O jogador do Grêmio bateu, mas Felipe Melo conseguiu impedir que a bola fosse na direção da meta de Weverton.

A única oportunidade dos paulistas foi parecida. Três minutos depois, Viña cruzou da esquerda de ataque e David Braz cabeceou para trás. A bola caiu para Gabriel Menino, que ajeitou e chutou em cima de Paulo Miranda, com a bola saindo pela linha de fundo.

Palmeiras marca e Ferreira empata

Na segunda etapa, os visitantes adiantaram a marcação e passaram a ter maior presença no campo ofensivo. O Grêmio seguiu procurando as laterais para tentar furar o bloqueio defensivo armado por Vanderlei Luxemburgo.

As 16, Danilo avançou sem marcação e chutou da intermediária, mas a bola saiu à direita da meta gremista. Dois minutos depois, com o intuito de ter maior presença ofensiva, Renato Portaluppi retirou Lucas Silva e colocou Ferreira, com Matheus Henrique fazendo a primeira função.

Bruno Henrique, aos 21, e Alisson, aos 23, arriscaram de fora da área, mas as duas jogadas terminaram com a bola atravessando a área e saindo à direita das metas. Aos 26, Viña cruzou da esquerda e Raphael Veiga, sem marcação na marca do pênalti, chutou no canto esquerdo inferior de Vanderlei e abriu o placar. Grêmio 0x1 Palmeiras.

Três minutos depois, Portaluppi retirou Darlan e colocou o jovem Isaque. Aos 32, Alisson encontrou Isaque livre dentro da área, mas o jogador chutou errado, longe da meta de Weverton. Na sequência, Robinho, esgotado fisicamente, deixou o gramado para a entrada de Guilherme Azevedo.

Aos 47 min, Ferreira deixou tudo igual após cobrança de escanteio da esquerda de ataque.